Férias em casa?

Comportamento

Férias em casa?

Descubra algumas dicas para aproveitar o descanso de forma divertida, mesmo sem viajar

Por

Férias em casa?
Foto: Jéssica R. Mallmann
CRON Previne - Lateral vertical - Final vertical

Muita diversão aguarda os gêmeos Bella e Caetano Galvão, de 1 ano e 6 meses, nas próximas semanas. A dupla entra em férias e vai curtir o verão com muitas brincadeiras na casa dos avós. Isso porque a mãe Betina Schuster, 27, e o pai Robson Alex Galvão, 30, preferiram adiar as viagens e aproveitar as férias das crianças em casa, com a família reunida.

Conforme Betina, a escolha por não viajar neste momento foi estratégica. Com a incerteza sobre o futuro da pandemia, o casal preferiu esperar para planejar passeios em outras cidades ou estados.

O grande movimento de pessoas nas praias e pontos turísticos também fez com que escolhessem cogitar uma viagem apenas no fim da alta temporada. “Com crianças sempre preferimos fugir de locais muito agitados e cheios, como as praias nesta época do ano”.

Por isso, o principal destino de Bella e Caetano nessas férias é a casa dos avós Alice e Araí Schuster, pais de Betina; e Jandira Picoli, mãe de Robson. Além disso, o casal também se programou para tirar alguns dias de descanso e aproveitar a companhia dos pequenos.

“Como trabalhamos em empresa própria, conseguimos folga. Mas vamos ter muita ajuda dos avós, assim como temos desde que eles nasceram. Ter gêmeos acaba exigindo envolvimento de toda a família, não sei o que seria da gente sem eles”, brinca Betina.

Para entreter os irmãos, a casa dos avós vira parque de diversão. A piscina é o lugar preferido dos gêmeos, conta a mãe. A família encontrou nas brincadeiras “inventadas” a melhor forma de se divertir, pois todos podem participar.

“Percebo que na idade em que estão, adoram brincar com coisas onde nos ajudam a fazer algo, ou fazem algo que os adultos fazem”. Sendo assim, atividades como varrer a grama, “consertar” a bicicleta, ou fazer comidinha para os avós comerem fazem parte da rotina das férias e dos bons momentos com os avós.

A família mora em apartamento, onde o espaço reduzido exige atividades mais tranquilas, como ler, brincar com jogos, bonecas e carrinhos, conta a mãe.

Apesar das personalidades diferentes, os irmãos adoram brincar juntos. O que garante diversão para toda a família, em dose dupla. “Não temos brincadeira de menino e menina, eles brincam juntos. Esta é uma grande vantagem de ter gêmeos, pois os dois sempre têm um ao outro, e assim as brincadeiras ficam mais interessantes”.

 

Férias com sabor de casa de vó

Também vai passar as férias em casa e aproveitar o verão com a família? Então não pode faltar um lanche bem gostoso. A dica da Vovó faz Bolo é o mais pedido da casa: o bolo de cenoura. Seja com gotinhas de chocolate ou um super recheio vulcão com brigadeiro, o bolo de cenoura da Vovó é perfeito para um descanso ainda mais saboroso.

 

Na companhia dos livros

Para o personal trainer Italo Padilha, 23, os livros são companheiros para todos os momentos. “Eles abrem portas para um mundo novo. É uma forma de relaxar e sair da rotina robotizada, de fazer sempre as mesmas coisas, com as mesmas pessoas. Os livros te permitem conhecer novos horizontes”.

O gosto pela leitura surgiu ainda na infância, pela curiosidade, lembra. “Sempre quis aprender diferentes assuntos, por isso leio sobre tudo”. Neste verão, Italo não pretende tirar férias, apenas algumas folgas esporádicas, conta. Por isso, vai aproveitar a estação junto com os livros. A obra do momento é “Como as Democracias Morrem”, dos americanos Steven Levitsky e Daniel Ziblatt.

Em 2020, em função da pandemia e da rotina, acabou por não atingir a meta de ler 12 obras. Por isso, neste ano, o objetivo é compensar e ler 16 livros. Uma leitura já entrou para a conta: a obra “O Alquimista”, do escritor brasileiro Paulo Coelho.

Italo costuma ler todos os dias, durante meia hora. Quando a rotina está muito cheia, divide o tempo em dois ou três momentos, de 15 ou 10 minutos. O jovem destaca que o hábito da leitura já trouxe muitos benefícios. Na época da escola, não gostava das leituras obrigatórias. Mas, durante a graduação, o gosto pelos livros foi fundamental para ter um aprendizado melhor.

Para quem, assim como ele, vai aproveitar o verão para pôr a leitura em dia, Italo indica os livros do escritor brasileiro Mario Sergio Cortella. “É uma leitura dinâmica e fácil de entender. Os meus preferidos foram ‘Qual é tua obra’ e ‘Viver em paz para morrer em paz’, que mudou minha percepção em muitas coisas em relação a vida e o convívio com o próximo”.

 

Férias para pôr a leitura em dia

A Biblioteca do Sesc Lajeado disponibiliza diversos títulos nacionais e estrangeiros, entre livros clássicos e contemporâneos, além de revistas e jornais. O serviço é gratuito, basta fazer ou apresentar o Cartão Sesc/Senac.

Durante a pandemia, o acesso ao espaço está restrito aos empréstimos, porém, o prazo de devolução está estendido. Mais informações no (51) 3714-2266 ou no site do SESC. A dica da equipe do Sesc Lajeado é a obra “A Estrutura da Bolha de Sabão”, da escritora brasileira Lygia Fagundes Telles.

 

Férias para relaxar com os amigos

Impossível pensar no verão sem lembrar de uma tarde com os amigos e um tererê. Por isso, quem vai aproveitar as férias para relaxar e se refrescar, a dica da Vai um Chima é o kit tererê. A cuia com acabamento em alumínio na parte interna é ideal para bebidas geladas, e a garrafa térmica de 2,5 L permite mais praticidade para levar o tererê ao parque ou camping, por exemplo. O kit ainda acompanha bomba de inox com escova de limpeza e um enfeite para a cuia.

 

Para quem quer renovar a casa

Aproveitar a folga para renovar o jardim também é uma ótima pedida! A dica da Floricultura Toque Especial são as Vincas. De fácil cuidado e manutenção, elas encantam pela delicadeza e diversidade de cores.

Para que cresçam e floresçam por mais tempo, precisam de rega regular e boa iluminação. Podem ser plantadas em canteiros ou vasos pendentes, em local de sol pleno, mas o ideal é a meia sombra. Não necessitam de muitos cuidados, mas é importante realizar a adubação do solo após a floração.