Cilindros de oxigênio são apreendidos escondidos em caminhão em Manaus

Oxigênio

Cilindros de oxigênio são apreendidos escondidos em caminhão em Manaus

Amazonas vive um colapso na área da saúde por conta da escassez de oxigênio para oferecer com pacientes com covid-19 em estado grave

Por

Cilindros de oxigênio são apreendidos escondidos em caminhão em Manaus
(Foto: Divulgação/ Carlos Soares/SSP-AM)
Brasil
CRON Previne - Lateral vertical - Final vertical

Em meio à crise no sistema de saúde do Amazonas, com a falta de leitos e de oxigênio para doentes com covid-19, as polícias Civil e Militar aprenderam 33 cilindros de oxigênio que estavam escondidos em um caminhão, no bairro Alvorada, na zona centro-oeste de Manaus, na tarde de quinta-feira, 14. De acordo com matéria publicada pelo Uol, uma denúncia anônima informou sobre a movimentação estranha no caminhão, que estava parado no local, e cilindros estavam sendo retirados para veículos particulares.

O condutor do veículo, de 38 anos, foi preso por reter produtos para o fim de especulação, segundo a Secretaria de Segurança Pública do Amazonas. O nome dele e da transportadora não foram divulgados. O homem ficará preso à disposição da Justiça.

Falta de oxigênio em Manaus

Duas aeronaves da Força Aérea Brasileira (FAB) chegaram no início da madrugada desta sexta-feira, 15, a Manaus, na Amazônia, transportando cilindros de oxigênio. Os voos haviam partido da base aérea de Garulhos, em São Paulo, na manhã e na noite de quinta-feira, 14.

Conforme matéria da Gaúcha ZH, o Amazonas vive um colapso na área da saúde por conta da escassez de oxigênio para oferecer a pacientes com covid-19 em estado grave. O secretário de Saúde do Estado, Marcellus campêlo, informou que o consumo diário de oxigênio teve um pico de 30 mil metros cúbicos em 2020 e, em janeiro deste ano, chegou a 70 mil metros cúbicos em apenas um dia.

De acordo com a FAB, as duas aeronaves são modelo C-130 Hércules. No total, 18 toneladas de cilindros de oxigênio foram levadas a Manaus — outras 24 toneladas já haviam sido levadas na segunda-feira, 14.

Pacientes transferidos para outros estados

Começa nesta sexta-feira, a transferência de pacientes de Manaus para outros Estados do país.
O planejamento é de duas aeronaves saindo da capital amazonense com destino a São Luís, no Maranhão; Teresina, no Piauí; Natal, no Rio Grande do Norte; João Pessoa, na Paraíba; Brasília, no Distrito Federal; e Goiânia, em Goiás; levando tanto pacientes quanto profissionais de saúde.