Vidas negras importam

Morte de homem negro em supermercado repercute em Lajeado

Grupo realizou intervenção na tarde de hoje. Ato ocorreu antes do 3° Kizomba, evento que marca o Mês da Consciência Negra na cidade

Por

Morte de homem negro em supermercado repercute em Lajeado
Grupo realizou ato com cartazes na tarde de hoje CRÉDITOS: Yago Becker
Lajeado

Cerca de 20 pessoas participaram de uma mobilização em memória de João Alberto Silveira Freitas, homem negro morto após ser espancado no supermercado Carrefour de Porto Alegre.

O ato pacífico ocorreu no início da tarde de hoje, em frente ao Shopping Lajeado. Com cartazes escritos “racismo existe” e Blacks lives matter (vidas negras importam), o grupo realizou uma caminhada até a passarela na BR-386.

CRÉDITOS: Yago Becker

“Queremos deixar a mensagem que as vidas negras importam. Chega de mortes”, ressalta uma das participantes do movimento, Ana Caroline da Silva Cezar ao destacar que um negro é morto a cada 23 minutos no Brasil.

Para ela, ver o vídeo de João Alberto sendo espancado no Dia da Consciência é classificado como um “pesadelo”. “Acordei com aquelas imagens bem no dia em que celebramos nossos antepassados. Esses acontecimentos não podem mais se perpetuar”, lamenta.

A mobilização ocorreu antes do 3° Kizomba, evento que marca o Mês da Consciência Negra em Lajeado. A atividade ocorreu no Shopping Lajeado com capoeira, dança e música. Uma das presenças foi do Mestre Índio, capoeirista da Bahia.