Comportamento

Maneiras de se reconectar

Elementos da natureza auxiliam quem busca desenvolver o autoconhecimento e a espiritalidade

Por

Maneiras de se reconectar
Fotos: Jéssica R. Mallmann

Estimular o autoconhecimento e promover a conexão com a natureza é a proposta do Centro Ecológico Pedra D’mim, localizado em Tamanduá, no interior do município de Marques de Souza.

O espaço integra meio ambiente e arquitetura de forma harmônica, união que serve de facilitador para as atividades realizadas no local, com foco no ecoturismo, saúde, bem-estar, autoconhecimento, reconexão e espiritualidade.

Conforme a terapeuta holística e guardiã do Pedra d’Mim, Marta Verena Lucian, os visitantes chegam em busca de se reconectar com as origens e contemplar a natureza e suas belezas. O Centro também é destino perfeito para quem quer se aventurar.

Inaugurado em 2015, o Pedra d’Mim recebe grupos de yôga, escolas, equipes de trabalhos e famílias para atividades de integração e lazer.

“Vemos com muita frequência que as pessoas que encontram algum problema físico, mental ou espiritual não conseguem mais sair e alcançar o processo de autorregeneração”, destaca Marta. “E aqui a natureza nos mostra isso, que é possível recomeçar”.

Para reconectar com a natureza

O Pedra d’Mim proporciona diversas atividades que integram reflexões sobre a natureza e o ser humano. Entre elas, destaque para a trilha de contemplação com banhos em cascatas e os trabalhos terapêuticos, elaborados conforme a necessidade de cada participante.

As práticas têm como norteadores os quatro elementos da natureza: ar, água, fogo e terra. Desta forma, o Centro foi projetado na geometria sagrada, com vista para os elementos, representados por espaços como herbário, horta, labirinto de chão e mandala de fogo, explica.

De acordo com Marta, algumas atividades são voltadas para grupos específicos, como professores e profissionais da área da saúde.

“Temos um propósito maior, que é cuidar dos cuidadores. Percebemos que aqueles que cuidam geralmente não são cuidados, então essas vivências são feitas especialmente para eles”.

Equipes e empresas também podem utilizar o Centro para encontros de final de ano ou para dinâmicas de harmonização dos colegas.

 

galeria