Festival musical

Conheça os destaques da Fase Regional do Canto da Lagoa

Festival de música iniciou ontem com 14 apresentações. Toda a programação é transmitida por lives

Por

Conheça os destaques da Fase Regional do Canto da Lagoa
Festival iniciou ontem e segue até domingo
Encantado

A 16ª edição do Canto da Lagoa teve início na noite desta sexta-feira, 20, com a Fase Regional. Subiram ao palco 14 bandas com as apresentações transmitido via redes sociais do evento direto do Parque João Batista Marchese. A programação pode ser conferida pelo Facebook ou You Tube do Festival Canto da Lagoa.

O melhor intérprete escolhido foi Eduardo Jacks. O melhor arranjo ficou com a música “Monges do Pinheirinho”, que também conquistou o título de Melhor tema sobre o Rio Taquari. A canção tem letra de Jorge Moreira/Thiago Casaril Vian/Fábio Tiecher – representando as cidades de Encantado e Lajeado.

Alex Zanotelli levou o troféu de Melhor Instrumentista. A canção “Ela” de autoria de Alessandro Cenci de Lajeado teve a Melhor Letra. A Melhor Melodia ficou com a música “Velho rio nova canção” do autor e intérprete Eduardo Jacques de Lajeado.

A música mais popular foi “Bairrismo do meu canto” escolhida pelo público pela participação na live com as hastags. A canção é de autoria de Luciano André Lucca de Lajeado.

A competição musical segue neste sábado, a partir das 20h, com as apresentações da Fase Nacional (veja as músicas classificadas abaixo).

Classificados da Regional para a Nacional

Sete músicas foram classificadas para a Fase Nacional. São elas:
Quando Amanhecer – Fernando Graciola/Ivani Graciola/Thiago Vian – Encantado;
Velho Rio Nova Canção – Eduardo Jacques – Lajeado
Monges do Pinheirinho – Jorge Moreira/Thiago Casaril Vian/Fábio Tiecher – Encantado/Lajeado
Ela – Alessandro Cenci – Lajeado
Utopia – Fernando Graciola/Loresoni Barbosa – Encantado/Farroupilha
Milonga Urbana – Agostinho Luís Agostini – Caxias do Sul
Segredo do Universo – Roni Dal Pizzol – Banda Luauê – Encantado

Titulares da Fase Nacional
Armaduras – Rodrigo Maia/Diego Muller – Porto Alegre;
Clandestino – Tuny Brum/Dilan Camargo – Santa Maria/ Porto Alegre;
Encantado – José Roberto Correa Ribeiro (Zebeto Correa) – Belo Horizonte;
Sobrepilcha – Rodrigo Morales/Lucas Ramos – Porto Alegre;

Apnéia – Daniel Conti/Bruno kohl – São Paulo/Porto Belo;
Milonga Louca – Robledo Martins/Rodrigo Bauer – Pelotas/São Borja;
Impasse – Ricardo Martins/Rodrigo Bauer – Santana do Livramento/São Borja;

Programação do domingo

Inicia às 15 horas com Oficina de Percussão Corporal com Maximiliano Maglianese e na sequência Oficina de Percussão com Gonzalo Díaz. Ambas as oficinas serão realizadas por professores da Argentina. No final de cada workshop, os participantes terão 15 minutos para conversar com os instrutores por meio de videoconferência.
A partir das 17h30 haverá show com Gustavo Almeida, jovem acordeonista que está, cada vez mais, se destacando no cenário nacional e internacional, pois é considerado um dos melhores acordeonistas da sua faixa etária no mundo, no estilo Jazz/Virtuoso. E para finalizar a programação, a partir das 19 horas haverá show com a Orquestra de Encantado.

A realização do 16º Canto da Lagoa é da Associação Cultural Encantado, conta com patrocínio de Fontana, Baldo S/A, Ciamed, Vini Lady, Sicredi, Companhia Riograndense de Saneamento – Corsan – Governo Do Rio Grande Do Sul – Novas Façanhas e Dália Alimentos e o financiamento do Pró-cultura, Governo do Estado do Rio Grande do Sul e Secretaria Especial da Cultura, Ministério do Turismo – Governo Federal – Ordem e Progresso.