A Melhor Decisão

opinião

Albano Mayer

Albano Mayer

Consultor executivo e articulador do Pro_Move Lajeado

Assuntos e temas do cotidiano

A Melhor Decisão

Por

Lajeado
CRON Previne - Lateral vertical - Final vertical

Alguns amigos já devem ter ouvido estes dois jargões da decisão: “A pior decisão é a indecisão” ou “Decide errado, mas decide”. Essas afirmações, que escutei algumas vezes na minha vida profissional, nos trazem para uma reflexão no nosso papel de liderança, liderar é tomar decisão.

Cabe lembrar que diariamente nós tomamos várias decisões, decisões sobre nossas vidas, as nossas rotinas, nossa saúde financeira e mental, o nosso futuro, o futuro das nossas famílias ou da nossa comunidade, grandes e pequenas decisões. Decidir faz parte da nossa vida, então para isso devemos nos preparar constantemente, tomar nossas decisões utilizando ferramentas e técnicas e uma boa “pitada” de experiência.

Sempre me perguntei, existem decisões que podem ser tomadas apenas com base na nossa intuição? Desconheço uma afirmação conclusiva para este questionamento, porém quando dependemos apenas da nossa intuição, correremos muitos riscos, pois podemos estar influenciados por nossos sentimentos momentâneos, ou mesmo nossos dogmas e paradigmas.

Quando preciso tomar alguma decisão mais complexa, costumo fazer uma reflexão: qual o impacto e os riscos envolvidos na minha decisão, e quais os dados e informações que me ajudam a tomar acertar na melhor decisão. A partir destas reflexões posso acurar melhor e decidir com mais convicção, e por vezes, escolher o melhor caminho a seguir, aumentando as minhas chances de êxito.

Em alguns dias seremos novamente convidados a tomar uma decisão democrática, escolher o prefeito e vereadores da nossa cidade, uma decisão que influenciará as nossas vidas nos próximos anos, pois a melhor escolha trará resultado direto na nossa comunidade, na nossa segurança, na educação dos nossos filhos, na nossa saúde, nos nossos empregos e empreendimentos, impactos que poderão transformar a nossa cidade no curto, médio e longo prazo.

Quando fores decidir, procuras identificar algumas das dicas acima, baseia a tua decisão em dados e informações corretas, relembras em quem votaste nas últimas eleições e quais foram os legados deixados. Com boas informações e criticidade, podemos tomar a melhor decisão, esta que levará a nossa cidade para um futuro inovador e promissor!

Agora decida, e lembre-se: o futuro da nossa cidade está nas tuas mãos.