Somos todos Vendedores

opinião

Albano Mayer

Albano Mayer

Consultor executivo e articulador do Pro_Move Lajeado

Assuntos e temas do cotidiano

Somos todos Vendedores

Por

Vale do Taquari

Esta semana, no dia 1º de outubro, comemoramos o Dia do Vendedor. Um dia especial para uma classe que todos os dias se desafia com novas conquistas, novos sonhos e novas metas e que é incansável na busca de resultados.

Mas vamos à nossa afirmação: somos sim todos vendedores!! Vendemos ideias, vendemos produtos, vendemos posicionamentos, vendemos a nossa imagem, vendemos sempre algo para alguém. O importante é entendermos “o que” e “para quem”. Muitas pessoas resistem a este posicionamento ou conceito, apenas pelo seu desentendimento, mas se pensarmos claramente o que queremos “vender” e “para quem”, possivelmente teremos mais efetividade nas nossas negociações e sucesso no atingimento dos nossos objetivos!

Boa parte dos empreendedores desenvolve o aprendizado da venda de forma autônoma, e possivelmente com mais dificuldades, por vezes tem excelente ideia, um bom produto, porém uma visão unilateral. Mas para realizarmos uma venda de sucesso, é necessário termos a visão e a percepção de valor do cliente, o que vai lhe exigir um grande esforço de aprendizado.

Outro ponto fundamental no processo de venda é a clareza de objetivos e metas. Precisamos saber onde queremos chegar, o que requer foco, resiliência e persistência. O profissional que escolhe atuar diretamente na venda precisa entender das metodologias de negociação e persuasão, além de periodicamente replanejar, o seu dia, sua semana, seu mês, seu ano e realinhar as suas estratégias às necessidades de seus clientes.

Vender para algumas pessoas é um talento, o que significa que para maioria é uma habilidade, que com base em técnicas, pode ser desenvolvida. Claramente podemos observar três fases básicas da venda: a Pré-venda, onde devemos planejar as nossas atividades, perceber as necessidades do meu público e criar as estratégias para conquista; a Venda, onde devemos dar o “nosso show”, apresentamos todas as técnicas de persuasão, as características da ideia e todo seu potencial de resultado; e, finalmente, o Pós-venda, onde o bom vendedor mantém o contato e acompanha o atendimento das expectativas.

“Para nos tornarmos excelentes vendedores, precisamos romper as nossas resistências, aprimorar o nosso “mindset”, e aceitar que venderemos muito ao longo das nossas vidas”. Grande parte do sucesso desta façanha dependerá exclusivamente da nossa aceitação e da decisão de mudarmos!