opinião

Rodrigo Martini

Rodrigo Martini

Jornalista

Coluna aborda os bastidores da política regional e discussão de temas polêmicos

Convenções

Por

Vale do Taquari

As definições dos pré-candidatos ocorrem sem muitas surpresas no Vale do Taquari. Em Arroio do Meio, deu o óbvio. Klaus Schnack (MDB) e Danilo Bruxel (PP) serão os adversários na luta pela prefeitura municipal. O cenário já estava montado há alguns meses. Restava definir as respectivas coligações. E a indecisão maior estava na Oposição. Até os 45 minutos do segundo tempo, Darci Hergessel (PDT) ainda cogitava fazer dobradinha com Bruxel. Mas, ao fim de tudo, passou a bola para a colega Adriana Meneghini. Já o MDB seguirá coligado ao PT.

Convenções II

Em Arroio do Meio, o PP mudou a estratégia em relação a 2016, quando a sigla apostou em Gustavo Kasper (PP) para tentar romper a hegemonia do MDB na cidade. Schnack derrotou Kasper por 871 votos. Naquele mesmo pleito, foram contabilizados 305 votos em branco, 348 votos nulos e ainda 649 abstenções – foram 13.623 votos válidos na cidade. Já em 2012, e com praticamente o mesmo número de votos válidos, o PP (Bruxel) foi derrotado pelo MDB (Sidnei Eckert) por 1.030 votos. Naquela vez, porém, havia Lúcio Bersch (PV) na terceira via.

Convenções III

Em Estrela, algumas ausências chamaram a atenção na foto oficial da convenção do PP. Presidente da Câmara de Vereadores, João Braun (PP) pertence a uma ala mais liberal da sigla e não está na imagem de lançamento do pré-candidato a prefeito, Paulo Finck (PP). O parlamentar, que concorrerá à nova vaga no legislativo, afirma que esteve no encontro, mas precisou sair cedo em função de “outros compromissos”. Por outro lado, o pré-candidato a prefeito, o Comandante Cesar (MDB), ficou até o fim e participou da foto oficial.

Convenções IV

Ainda em Estrela, o Partido Liberal (PL) aposta no atual vice-prefeito Valmor Griebeler para liderar a chapa da majoritária – o pastor José Alves (Republicanos) será o pré-candidato a vice. Mas há outras frentes fortes nesta disputa. Elmar Schneider (PTB), Diego de Castro (DEM), Paulo Argeu (PDT), Eduardo Wagner (PSL) e Denise Goulart (PT) são os demais pré-candidatos a prefeito no município. É “muita coroa para pouco castelo”, eu sei. Mas esse número será reduzido nas próximas horas. Mais tardar, nos próximos dias.

Convenções V

Por ora, as previsões foram confirmadas em Teutônia. Jonatan Brönstrup (PSDB) volta a disputar a prefeitura com o Professor Celso Forneck (PDT). Em 2016, o tucano derrotou o pedetista com uma diferença de 694 votos. Ainda sobre o pleito passado, a terceira via era o candidato Biondo (MDB), que fez 4.666 votos. Dessa vez, o PP será a nova opção nesta queda de braço. Ariberto Magedanz (PP) é o pré-candidato a prefeito ao lado da vereadora Keetlen Link (MDB), com apoio do PT, PTB, Republicanos e PSB.

Convenções VI

Em Lajeado, incógnitas. Se por um lado o prefeito Marcelo Caumo (PP) – que prometeu não concorrer à reeleição – vai concorrer à reeleição ao lado da vice-prefeita Gláucia Schumacher, a oposição anda cheio de mistérios. Márcia Scherer (MDB) está com o Plano de Governo pronto, mas ainda não definiu o vice. A chance de contar com o vereador Sérgio Kniphoff (PT) para a vaga é remota. O petista, assim como Carlos Ranzi (MDB), está inclinado a tentar nova vaga na câmara. O ex-vereador Antônio Scheffer (MDB) foi sondado e seu nome é avaliado. Há incertezas, também, na chapa de Daniel Fontana (PSB).

Convenções VII

A tentativa de um consenso em Encantado não passou de “um grande teatro”, avisa um dos interlocutores. Dramaturgias à parte, o cenário parece bem desenhado na principal cidade da região alta. Atual prefeito, Adroaldo Conzatti (PSDB) deve concorrer à reeleição com apoio do MDB, PTB, PDT, PT e PSB – nessa semana eles decidem o vice. E tudo indica que ele enfrentará o seu próprio vice-prefeito, Enoir Cardoso (PP), que terá o ex-prefeito Paulo Costi (PP) ao seu lado. Em 2016, Conzatti derrotou o Baixinho Orsolin (MDB) por 713 votos.


Intervenções culturais

O 1º Arte na Cidade foi encerrado com “chave de ouro” em Lajeado. As intervenções artísticas em dois viadutos da BR-386 – entroncamentos com a Av. Alberto Pasqualini e com a rua Bento Rosa – são de muitíssimo bom gosto. O principal município do Vale do Taquari ficou mais bonito com as obras assinadas pelos artistas Flávia Pozzobon, Lucas Cristiano Baldissera, Maiara Leonhart, Samuel Hergesell e Rafael Hergesell, vencedores do concurso que deu origem ao projeto urbanístico.
Promovido pelo governo municipal em parceria com o Sesc Lajeado e a Universidade do Vale do Taquari (Univates) – e com apoio da Tintas Nobre –, o projeto precisa continuar em 2021, independente de quem vencer o pleito de novembro. Aliás, o Conselho Municipal de Política Cultural estuda ampliar as intervenções ainda em 2020. Para tal, não está descartada a possibilidade de utilizar parte dos recursos da Lei Aldir Blanc, que vai disponibilizar R$ 589 mil de recursos federais para Lajeado.


Turismo em voga

A Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur) realizou a 1ª Jornada de Regionalização do Turismo. Foram contempladas as regiões/roteiros Costa Doce, Terras Encantadas, Uva e Vinho e Vale do Taquari, dentro do Programa Regionalização do Turismo (PRT) representando a nossa região, Lizeli Bergamaschi, Turismóloga da Amturvales, apresentou dados da entidade. Segundo ela, o Vale conta com 24 municípios regionalizados perante o Cadastur, e 25 cidades e 19 entidades do setor privado são filiadas à Amturvales.