opinião

Deolí Gräff

Deolí Gräff

Jornalista

Coluna sobre sociedade, arte, cultura e expressões comunitárias.

Escritor Assis Brasil é Cidadão Estrelense desde 1997

Por

Vale do Taquari

O escritor Luiz Antônio Assis Brasil completou 75 anos dia 21/06. Nasceu em Porto Alegre e em seguida a família transferiu-se para Estrela. Aos 12 anos retornou para Poa. Ele é um dos mais importantes autores brasileiros da atualidade. Possui uma vigorosa carreira acadêmica, tendo lecionado nas universidades de Sorbonne, Toronto, Leipzig e Açores. Na PUCRS, criou e coordena a Oficina de Criação Literária, há 25 anos.

Suas obras tratam de temas históricos como a imigração açoriana (Um quarto de légua em quadro) e os mitos do tradicionalismo gaúcho (A prole do corvo), além de carregarem um forte teor de discussão sobre estética e importância da arte na sociedade.

Terça-feira, à noite, Assis Brasil participou da 3ª Live da Alivat – a Literatura em tempos de quarentena. Na oportunidade falou sobre a sua produção literária e também fez menção ao período em que residiu em Estrela. “Foi um tempo memorável”, afirmou. Ele estudou no Colégio Santo Antônio, no Vidal de Negreiros e fez o primeiro ano do Curso Ginasial no Ginásio Cristo Rei (Atual Instituto Estadual de Educação Estrela da Manha). “Foi um período ótimo. Fiz muitas amizades. Oportunizou conhecer o espírito da colonização alemã e aprendi os preceitos da ordem, organização e seriedade”. Ele relatou que acompanhava o pai, que era veterinário, no trabalho dele por vários municípios do Vale do Taquari. “Isto me oportunizou conhecer a região”. “Este conhecimento me influenciou em vários livros”, revelou. Citou como exemplo o “Videiras de Cristal” que serviu de conteúdo para o filme “A Paixão de Jacobina”.

Ele recordou que em 1956, venceu o Concurso Literário promovido pelo colégio Cristo Rei. Citou que recebeu mensagem pelo Whatsapp da professora Suely Caminha. “Ela me mandou uma mensagem segunda-feira. Escreveu palavras elogiosas a meu respeito”, disse o escritor.

Em contato que mantivemos pelo celular com a professora Suely, que está com 88 anos, disse que tem boas recordações do aluno Assis Brasil. Contou que acompanha a trajetória literária dele. “Fui professora dele no 3º ano do Primário no Vidal de Negreiros”.

Assis Brasil foi homenageado pela Câmara de Vereadores de Estrela com o título de Cidadão Estrelense em 1997. Poderia ser adotado como Cidadão do Vale do Taquari.


Obra prima

Esta obra de arte da foto está pintada em uma parede na Rua Christiano Schmidt, (Travessa Schmidt) que liga a Rua João Abort a Benjamin Constant, na divisa entre o Centro e o Bairro Florestal. A pintura tem chamado atenção dos transeuntes. A frase permite diversas interpretações e deixa no ar muitos questionamentos. Entre as muitas leituras, podemos entender que seja uma linda declaração de amor. A pintura tem a assinatura do pseudônimo “gen”. Uma pena que está na parede. Certamente, emoldurada, faria muito sucesso em “vernissage”.


Homenagem ao Azul

A CDL de Lajeado prestou homenagem ao Expresso Azul, que em 01/11 completa 70 anos. A intenção da CDL foi celebrar com a nova fase da empresa que, no dia 22/06, assumiu o transporte coletivo urbano. O ato contou com a presença do diretor- presidente do Azul, Pedro Lourenço Guarnieri, do ex-dirigente Carlos Glufke, do coordenador do Departamento de Trânsito de Lajeado, Vinícius Renner e do presidente da CDL Aquiles Mallmann.


Feira do Livro

A comissão organizadora da 15ª Feira do Livro de Lajeado esteve reunida para discutir o novo formato do evento adaptado a realidade da pandemia. Foram levantadas diversas alternativas quanto ao novo modelo. “A comissão está buscando alternativas para que o evento aconteça de uma forma diferente, segura e que impacte positivamente”, explicou a coordenadora da feira, Betina Duraiski, gerente do Sesc de Lajeado.


1ª Feijoada Beneficente

O Rotary Club Arroio do Meio vai promover a 1ª Feijoada Beneficente dia 11/07. A receita será revertida para a construção da UTI do Hospital São José de Arroio do Meio e também para ações do Rotary. Devido às restrições em função da pandemia, o evento será em formato Drive-Thru. A feijoada e os acompanhamentos serão entregue no salão da comunidade do Bairro Rui Barbosa no horário das 17h30min às 19h30min. Os cartões estão à venda na Karis Farma e com membros do Rotary Club.