opinião

Rodrigo Martini

Rodrigo Martini

Jornalista

Coluna aborda os bastidores da política regional e discussão de temas polêmicos

A velha política!

Por

Vale do Taquari
Eleições 2020

A tática é tão somente atacar. É uma tática de desconstrução. Não há propostas. Não há atitude. Na política, determinados grupos agem de forma maquiavélica para minar o adversário. É um vale-tudo mórbido, que pouco a pouco vai assassinando a credibilidade da política como um todo. É a velha política. Para esses setores antidemocráticos, cuja necessidade de criticar, menosprezar, ridicularizar e caluniar reputações e ações alheias é o único combustível possível, as derrotas serão cada vez mais justas no campo eleitoral.

E não há limites. Nessa terça-feira, em Lajeado, a primeira-dama Aline Scapini Caumo teve de deixar o consultório médico para fazer um BO na Delegacia de Polícia (imagem). Ela teve o nome utilizado em uma ardilosa “fakenews” sobre o Auxílio Emergencial de R$ 600. A origem da falsa lista com o nome da esposa do prefeito ainda é um mistério – e é imponderado culpar o inimigo mais próximo. Talvez tenha sido um derradeiro tiro no pé. Ou, talvez, é apenas o início de tudo que podemos aguardar nas eleições. É preciso ficar alerta!


38 em 60

O primeiro óbito em decorrência da covid-19 no Vale do Taquari foi registrado no dia 24 de abril. Ontem, completaram-se dois meses. Desde então, outras 37 pessoas morreram em função dos efeitos do novo coronavírus. São 38 mortos em menos de 60 dias. São 38 pessoas que, muito provavelmente, ainda estariam entre seus entes queridos, não fosse o vírus. São 38 vidas. São 38 histórias. São 38 tristes razões para não afrouxarmos a guarda perante essa pandemia. Se puder, fique em casa. E se sair, use máscara e evite aglomeração!


Praça nova!

Hoje será entregue para a comunidade a nova praça de Teutônia. Na verdade, trata-se da praça mais antiga do município, que passou por uma recente modernização. O espaço está localizado na esquina das ruas Carlos Arnt e Ewaldo Schaeffer, ao lado da Comunidade Evangélica de Confissão Luterana Redentor, no Bairro Canabarro. Ainda em solo teutoniense, outra boa notícia. O edital para concessão de espaços no Teutopark está agendado para o dia 12 de julho, mas os serviços preliminares de terraplenagem já iniciaram!


Câmara de Lajeado

O anteprojeto de redução de Cargos Comissionados tem apoio de Mariela Portz (PSDB), Ildo Salvi (PSDB), Fabiano Bergmann (PP), Carlos Ranzi (MDB) e Neca Dalmoro (MDB). Já o emedebista Ederson Spohr bateu no peito ao afirmar que não concorda com a medida, e cutucou os colegas. “Quero saber se esses cinco foram coerentes e demitiram um dos seus assessores. Já vi que ninguém demitiu. Esses vereadores estão enganando os lajeadenses.” Companheira de partido, Neca Dalmoro retrucou e expôs a desarmonia. “Não devemos satisfação para os nossos colegas. E, sim, para aqueles que em nós acreditaram.”

Câmara de Lajeado II

No dia 11 de junho, publiquei sobre a nomeação pelo Estado do novo Coordenador Regional de Obras, Marcos Salvi, filho de Ildo Salvi (PSDB). Na sessão de terça-feira passada, Paulo Tóri (MDB) provocou o colega. Para ele, o tucano foi incoerente ao cobrar a redução de CCs na Câmara e, ao mesmo tempo, supostamente indicar o filho para um cargo que hoje é gerenciado pelo PSDB. “É vergonhoso”, disse ele. “Não tem como esconder”, reforçou. Em resposta às provocações de Tóri, Salvi falou da formação técnica do filho e foi instigante. “Eu não vou pegar parte do salário”, afirmou. E ele deu bastante ênfase ao pronome “eu”.

Câmara de Lajeado III

As sessões legislativas ainda são virtuais. E isso incomoda a Oposição. A reunião passada foi marcada por intensas críticas ao governo. É possível assistir a gravação na página oficial da Câmara, no Facebook. Mesmo assim, muitas pessoas acreditam que as sessões online não repercutem tanto junto ao eleitor. Eu concordo, apesar da baixa média de visitantes nas sessões plenárias. A decisão cabe ao presidente Lorival Silveira (PP), que parece indisposto para tal. Sobre isso, Carlos Ranzi (MDB) provocou o colega, em função da participação do Progressista no evento presencial de inauguração do Posto de Saúde do Santo Antônio.