A maturidade do Vale

Opinião

Edson Brum

Edson Brum

Único deputado estadual do Vale do Taquari

Assuntos do cotidiano e política

A maturidade do Vale

Por

Lajeado
Gustavo Adolfo 2 - Lateral vertical - Final vertical

O nosso Vale do Taquari tem demonstrado maturidade no enfrentamento aos problemas ocasionados pela pandemia de coronavírus e pela consequente crise econômica. É claro que precisamos reforçar que a região já vinha enfrentando dificuldades causadas pela grave estiagem que atinge todo o Estado, mas a situação foi claramente agravada pela covid-19.

O maior exemplo deste amadurecimento pode ser percebido na busca por solução para o fechamento dos frigoríficos BRF e Minuano, aqui mesmo em Lajeado, ocorrido por focos de contágio de coronavírus. A região soube angariar ajuda nas lideranças políticas e nas autoridades de nosso Rio Grande do Sul. Juntos, conseguimos solucionar esta questão.

Lideranças políticas, empresariais, sindicais, trabalhistas ou de cooperativas. Representantes das esferas pública e privada. Todos atuaram na mesma direção, onde a união de forças e o diálogo foram fundamentais. E, em cada ação desenvolvida, sempre foi – e continua sendo – priorizada a segurança e a saúde de todos os envolvidos. Hoje, esse movimento serve de modelo para outras regiões.

E vai além. O Vale demonstra que segue protagonista em seus movimentos e se prepara para o que virá no pós-pandemia. É o que temos constatado nas mobilizações e nas ações promovidas pelo Comitê de Entidades do Vale do Taquari, por exemplo, que têm recebido o apoio de representantes de diferentes setores da sociedade.

É por meio de trabalho em conjunto como esse que a região prosseguirá na superação das dificuldades, da mesma forma como ocorreu com a questão dos frigoríficos. Precisamos sempre buscar soluções que possam atender os anseios sociais, como a geração de emprego e renda, mas também em questões ambiental e legislativa.

Acima de tudo, é essencial que possamos eliminar os empecilhos da vida do cidadão, principalmente neste momento que é de recomeço para muitos. Enfrentamos diariamente um excesso de trâmites exigidos tanto pelos órgãos públicos quanto por quem faz parte da iniciativa privada. Essa demora frustra e encarece os nossos projetos, os nossos serviços e as nossas empresas.

O Vale evidencia e trabalha para mudar esse contexto. Para isso, temos demonstrado que, por meio do diálogo, da troca de ideias, podemos criar meios para atender todos esses pontos, com a responsabilidade e o rigor necessários. O essencial é seguirmos firmes, lado a lado, na busca pelos melhores caminhos no enfrentamento ao coronavírus, à estiagem, à crise econômica, enfim, a qualquer dificuldade que surgir.