Solidariedade

Grupo Imec doa cestas básicas para vítimas de violência doméstica

Ação ocorreu na manhã de hoje com a entrega de 50 kits para rede de proteção às mulheres

Por

Grupo Imec doa cestas básicas para vítimas de violência doméstica
Entrega das cestas básicas contou com presença de representantes de entidades e Grupo Imec
Lajeado

Em mais uma ação social em meio à pandemia, o Grupo Imec entregou 50 cestas básicas para a Rede de Enfrentamento à Violência contra a Mulher em Lajeado. A ação ocorreu na manhã de hoje, na Delegacia de Polícia Especializada de Atendimento à Mulher.

Além de combater agressões contra mulheres e adotar medidas punitivas ao ofensor, a rede apoia às vítimas com auxílio em necessidades básicas. Em meio à covid-19 e isolamento social, aumentou a vulnerabilidade social as mulheres vítimas de violência doméstica, percebe a oficial do Ministério Público (MP), Carmen Sampaio Spalding.

“Muitas vezes as mulheres precisam sair de casa, às vezes até com os filhos, para fugir da violência . Elas ficam vulneráveis e, por isso, a importância de garantir o básico como um cesta de alimentos”, afirma Carmen.

Delegada Márcia Bernini reforçou a dificuldade das mulheres com o término de um relacionamento abusivo e necessidade de ajuda. Para ela, o fato de uma empresa com o porte do Grupo Imec auxiliar dá visibilidade à campanha da rede. “A gente fica feliz de ver esse engajamento da comunidade”, relata.

Diretor Comercial e Marketing do Grupo Imec, Eneo Karkuchinski, lembrou de outras ações da rede de supermercados, entre elas, a doação de três mil cestas básicas para entidades assistenciais neste mês.

Conforme Karkuchinski, o Grupo Imec entende que é necessário auxiliar as pessoas mais necessitadas e entidades neste momento de impacto financeiro da pandemia. “A gente sabe que muitas pessoas estão carentes. Precisamos ajudar no combate à fome e ficamos gratos em participar de causas que impactam toda a região”, relata.

A entrega das cestas básicas contou ainda com a participação da Sonia Vettorazzi (representando a Casa de Passagem), Cristine Schwertner (Juizado de Violência Doméstica de Lajeado), Andréia Brisolara (Centro de Referência de Atendimento à Mulher), soldados Fabiana Fontoura Trentini e Diane Baumhardt Dornelles (Patrulha Maria da Penha).