Emprego ou Desafio?

opinião

Albano Mayer

Albano Mayer

Consultor executivo e articulador do Pro_Move Lajeado

Assuntos e temas do cotidiano

Emprego ou Desafio?

Por

Imec - Lateral vertical - Final vertical

Escrevi durante todo o ano sobre as condições de liderança, comportamento de RH, as questões de inovação, ser empresário, empreender, ser disruptivo, entre outros temas que gosto de opinar. Na semana passada fui abordado por um empresário de Lajeado, que me contou uma história e no mesmo momento comentei, vou escrever algo sobre isso.
Venho de uma família humilde, o sonho dos meus pais era que eu fosse funcionário concursado, preferencialmente Banco do Brasil ou Caixa Federal, os dois concursos que fiz e não fui aprovado. Não tendo estas competências foi necessário ser disruptivo.
Viemos de uma época onde o ideal para nossos herdeiros eram ter estabilidade, trabalhar em uma grande empresa, crescer profissionalmente e financeiramente. Tenho convicção que isso ainda é possível, mas com diversas restrições e um mercado de trabalho de competitividade global.
Mas quais outras opções temos?
Podemos trabalhar em uma empresa Inovadora ou até em uma Startup!
Vou citar algumas vantagens de trabalhar nestas empresas:
* Seremos um importante profissional da empresa, nossa opinião será ouvida e participaremos de um processo de grande aprendizado;
* Vamos experimentar o crescimento organizacional, onde teremos mais colegas iniciando, muitas opções de crescimento profissional e consequentemente financeiro;
* Podemos empreender internamente pois seremos desafiados diariamente, uma empresa inovadora ou que se inicia sempre tem problemas novos a serem resolvidos;
* Viveremos a experiência integral de uma empresa, não apenas de uma atividade isolada;
* Conforme a empresa poderemos ter até uma possível flexibilidade de regras.
E os riscos? Os riscos são parecidos com qualquer negócio, podemos ser demitidos, a empresa pode fechar, pode ser comprada, pode reduzir ou até mesmo se mudar.
Os empregos de estabilidade vão ser cada vez mais raros, empregos de boa remuneração requerem pessoas que se desafiam. Desafiem seus herdeiros a trabalhar em empresas que os desafiem.
Já faz um bom tempo me guio por um provérbio chinês: “Arruma pra fazer o que tu gostas que nunca mais trabalhas na vida” – quem faz o que gosta faz com excelência e, consequentemente, tem uma boa remuneração.