feira do livro de lajeado

Leituraço na feira anima crianças de todas as idades

Evento promovido pelo grupo A Hora e Companhia Aprendiz movimentou a Feira do livro de Lajeado na manhã de hoje

Por

Leituraço na feira anima crianças de todas as idades

O publicitário Fabrício Stoll foi aluno do músico Ricardo Petter e quer que o filho, o pequeno Benício, de nove meses, também seja. “Aqui a gente está em casa. Eles são fantásticos”, avalia o pai.

A família aproveitou o sábado das crianças para prestigiar o espetáculo da companhia Aprendiz, no leituraço promovida pelo grupo A Hora na feira do livro de Lajeado.

“É a primeira vez na vida dele, ele precisava vir. Ele já tem contato com os livros, mesmo ainda não sabendo ler. A gente lê muito na família, para nós é natural. É importante, pois faz parte da construção da vida como um todo”, diz Stoll.

Benício, de nove meses, prestigiou sua primeira Feira do livro no colo dos pais

Benício, de nove meses, prestigiou sua primeira Feira do livro no colo dos pais

Além da apresentação, o que chamou mais a atenção do pai foi a oportunidade de adquirir um livro diretamente do autor. Na feira, ele comprou a obra “A Lista de Schindler nunca termina”, de Renato Moreira.

Prateleira atualizada

Celi e Nicole trocaram cinco livros na feira

Celi e Nicole trocaram cinco livros na feira

Depois de visitar a feira na sexta-feira com uma excursão da escola, Nicole Maurer, de 9 anos, voltou no sábado para se desfazer de livros já lidos e levar outros para casa. Ela saiu do espaço troca-troca, organizado pela Univates, com cinco livros.

“Gostei, porque assim a gente não fica acumulando livros que não vamos mais usar”, afirma. Entre suas leituras preferidas estão livros de ação e gibis.

 

Presente para ler

Para a família de Joaquim da Silva, a feira foi o passeio do Dia das Crianças e também o presente. “Eu não sabia que tinha essa feira, mas minha mãe falou e achei muito legal”, conta.

Joaquim ganhou um livro de presente no Dia das Crianças

Joaquim ganhou um livro de presente no Dia das Crianças

O menino, que gosta de livros de influenciadores digitais, escolheu “A lenda do zap”, do youtuber Enaldinho. Com apenas oito anos, Joaquim reconhece as vantagens do hábito de ler. “A leitura é importante para quando a gente crescer e também para ler melhor nas aulas”, diz.

A mãe, Maristela, destaca a qualidade da estrutura montada para o evento. “Nunca vi a feira tão bonita como está este ano. Já vim outras vezes, mas esta edição está bem legal”, conclui.

Programação

Dia 12/10 – sábado – até as 20h
16h às 18h – Hora do Conto Unimed – Auditório da Casa de Cultura
16h – Intervenção teatral Circolando por Aí
18h – Espetáculo Bandinha Di Dá Dó
Dia 13/10 – domingo – 9h às 18h
Exposição e Comercialização de livros / Atividades Paralelas / Vivências circenses
15h às 17h – Hora do Conto Unimed – Auditório da Casa de Cultura
15h – Espetáculo La Kombita
17h – Encerramento espetáculo Dançando o Brasil
*Todas as atividades acontecerão na Praça da Matriz.

MATHEUS CHAPARINI – matheus@jornalahora.inf.br