Segunda batalha rumo ao hexa

Copa do Mundo

Segunda batalha rumo ao hexa

Seleção brasileira enfrenta a Costa Rica em busca da vitória que pode encaminhar a classificação

Por

Segunda batalha rumo ao hexa
Gustavo Adolfo 1 - Lateral vertical - Final vertical

A seleção brasileira volta a campo para a disputa da segunda rodada da Copa do Mundo. Após o empate na estreia, é fundamental que a equipe vença a Costa Rica hoje, a partir das 9h. Apesar de uma atuação aquém das expectativas na primeira partida, Tite mantém a mesma equipe titular.

O técnico tem convicção de que os 11 jogadores que iniciaram a partida contra a Suíça são as melhores opções no elenco. O técnico considera que o nervosismo da estreia tenha influenciado no empate. Será a terceira partida seguida com a mesma formação, algo que não acontecia faz cinco anos. A última vez foi em 2013, em jogos realizados nos dias 9, 15 e 19 de junho.

O 1 a 1 na estreia obriga o time a não marcar mais passo na competição. Para passar em primeiro, precisa vencer a Costa Rica hoje, e a Sérvia, na próxima quarta-feira. Brasil e Suíça têm 1 ponto, enquanto a Sérvia tem três e a Costa Rica está zerada.

A equipe titular que inicia a partida tem: Alisson, Danilo, Thiago Silva, Miranda, Marcelo, Casemiro, Paulinho, Philippe Coutinho, Willian, Neymar e Gabriel Jesus. Seguindo o rodízio que Tite vem fazendo, o zagueiro Thiago Silva será o capitão.

A mística da letra C

O time de Tite conta com uma coincidência favorável para o duelo da segunda rodada. Nos últimos 13 jogos de Copa, o Brasil só derrotou adversários que começam com a letra C. A última vitória brasileira contra uma seleção que inicie com outra letra foi em 2006, no Mundial disputado na Alemanha. Na oportunidade, o grupo comandado por Carlos Alberto Parreira derrotou Gana pelas oitavas de final da competição.

Em 2010, com Dunga como treinador, foram três vitórias no torneio: Coreia do Norte, Costa do Marfim e Chile. O número se repetiu em 2014, na segunda passagem de Felipão. As vitórias vieram contra Croácia, Camarões e Colômbia, além da classificação nos pênaltis contra o Chile.

Tite usará a mesma equipe da estreia. Vitória é fundamental à classificação

Tite usará a mesma equipe da estreia. Vitória é fundamental à classificação

Em 2002 deu Brasil de goleada

Na última vez em que se enfrentaram em Copas do Mundo, o Brasil levou a melhor. O jogo válido pela terceira rodada da Copa da Coreia do Sul e Japão, em 2002, terminou 5 a 2 para a equipe comandada na época por Felipão. Ronaldo marcou os dois primeiros gols, Júnior, Rivaldo e Edmílson, em um belo gol de voleio, completaram o placar.

Caetano Pretto: [email protected]

Acompanhe
nossas
redes sociais