Inverno é um dos mais rigorosos dos últimos anos

Notícia

Inverno é um dos mais rigorosos dos últimos anos

Por

Gustavo Adolfo 1 - Lateral vertical - Final vertical

As próximas madrugadas devem ser as mais frias da semana. A previsão do Centro de Informações Hidrometeorológicas (CIH) da Univates é de que, até sexta-feira, as temperaturas serão próximas de zero em Lajeado nas primeiras horas dos dias.

frioA auxiliar técnica da CIH, Juliana Tomasini, acrescenta que os municípios da região alta do Vale, como Putinga, Ilópolis, Anta Gorda e Arvorezinha, poderão registrar temperaturas negativas.

O tempo seco favorece a formação de geadas, como a que ocorreu em Alto Conventos, em Lajeado, ontem. Juliana diz que é cedo para dizer se este será o inverno mais rigoroso dos últimos anos, porque a estação recém iniciou.

Ela acrescenta que as temperaturas estão próximas das registradas em 2009, quando Lajeado marcou – 0,6oC. Ontem foi registrada a menor temperatura da estação até o momento, com 0,7oC.

“Esta marca pode ter sido superada na região alta do Vale do Taquari, ficando as mínimas em torno dos -2°C.” Juliana informa que o frio intenso se deve à atuação de uma forte massa de ar polar sobre o estado, que derrubou as temperaturas nesta semana.

Temperaturas amenas na próxima semana

Juliana informa que, nos próximos dias, o frio permanecerá intenso pelas manhãs, mas a sensação térmica aumentará à tarde, devido ao sol.

A tendência é de temperaturas mais amenas nas primeiras horas do dia na próxima semana, evidenciando as características típicas do inverno: a alternância entre períodos de muito frio com períodos mais amenos.

Previsão para os próximos dias em Lajeado

Terça-feira: 1°C (mín.) e 12°C (máx.)

Quarta-feira: 1°C (mín.) e 13°C (máx.)

Quinta-feira: 2°C (mín.) e 14°C (máx.)

Baixas temperaturas prejudicam os produtores

O agricultor Arceli Hammes diz que o frio traz prejuízos para quem produz leite devido à redução das pastagens. O assistente técnico da Emater, Antonio Conte afirma que a irregularidade das temperaturas provoca as perdas nas lavouras.

Segundo ele, as plantas germinam quando o frio diminui, mas a queda brusca de temperatura atrapalha o desenvolvimento. Por outro lado, o frio ajuda os produtores nas plantações pós-inverno, pois elimina as pragas, em especial os lagartos.

Mais rigoroso que há 15 anos

No interior, o tradicional fogão a lenha esquenta o ambiente o dia inteiro. Na casa de Anita Hammes em Alto Conventos – Lajeado, o fogo é acesso às 6h e só é apagado após as 22h.

É ele quem dá sustentação para o preparo da comida e a água do chimarrão, que corre solta durante todo o dia. “Não dá para ficar sem ele nestes dias de frio.” Anita comenta que há 15 anos não era registrada uma geada tão intensa na localidade.

O frio está presente no centro dos municípios. Em Lajeado, as pessoas dizem que o inverno está mais rigoroso, incentivando as compras. A aposentada Noeli Souza, 55, comprou mais cobertas nos últimos dias. “Em casa, fico com o ar-condicionado ligado no quente.”

O gerente de uma loja de confecções, João Paulo Bicca salienta que a procura por jaquetas e roupas de cama mais quentes, como edredons, aumentou. Ele ressalta que é cedo para fazer um comparativo, mas garante que as vendas estão maiores que no mesmo período em 2010.

Paula das Silva dos Santos diz que os gastos com roupas para o inverno devem aumentar, porque as roupas demoram para secar depois que são lavadas.