Falta de recursos limita o trabalho do Daer

Notícia

Falta de recursos limita o trabalho do Daer

Por

Gustavo Adolfo 1 - Lateral vertical - Final vertical

Os escassos recursos repassados ao Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer) emperram a execução dos trabalho na região. Com 608 quilômetros de rodovias para supervisionar, a 11ª Superintendência, instalada em Lajeado, tem poucos funcionários e trabalha com máquinas e veículos sucateados.

Em 1975, eram 375 funcionários. Hoje, 78 trabalhadores estão em atividade nos 45 municípios de atuação do Daer e a maioria está próximo da aposentadoria. Eles são responsáveis por 30 rodovias pavimentadas, e outras 12 de chão. O novo superintendente do departamento, engenheiro civil Hildo Mourão, confirma que existe pouca reposição de pessoal.

A região não recebe novas máquinas há 29 anos. A última remessa veio em 1982. Hoje, o departamento tem, em boas condições, 12 caminhões, três motoniveladoras, dois tratores, uma caminhoneta e uma retroescavadeira. Outros cinco caminhões, três motoniveladoras e um trator estão estragados.

Para Mourão, apesar destes dados, o Daer cumpre suas obrigações. Ele admite a falta de recursos, mas diz que o departamento tem bons profissionais, e as equipes suprem as demandas de serviços. “São funcionários experientes nas áreas que atuam há tempo no departamento”, diz.

Para amenizar a falta de dinheiro, reutilizam os materiais, como a recuperação de placas de sinalização. Estas danificadas pelo tempo de uso e por atos de vandalismo são constantemente substituídas. Após, o material é reformado e instalado em outros pontos. “Não há desperdício”, conta. O mesmo ocorre com vigas de madeira, retiradas de pontes e pontilhões.

Acessos dependem de empréstimo

Sobre os acessos asfálticos, Mourão afirma que a conclusão depende de um empréstimo de R$ 500 milhões, requerido pelo governo do estado junto ao Banco Nacional de Desenvolvimento (BNDES).

Ele diz que os primeiros trechos finalizados serão os de menor extensão e custo. “O governo está empenhado em finalizar os compromissos firmados pela gestão passada, mas depende de mais recursos para isso”, diz. Ele acrescenta que muitas empresas continuam trabalhando sem receber e que estas serão ressarcidas, quando chegarem os recursos do empréstimo.

Aproximação com municípios

Em reunião da Amvat há duas semanas em Sério, Mourão escutou dos prefeitos a reclamação devido ao distanciamento do antigo responsável com os municípios. João Davi Goergen, de Boqueirão do Leão, disse que durante os seus dois mandatos desconhece o superintendente do Vale. “Isso atrapalha muito, pois não sabemos onde procurar ajuda”, critica.

Mourão garante que se aproximará dos prefeitos e adianta que espera a visita de prefeitos e secretários para ajudar na busca de soluções para os problemas de infraestrutura viária das cidades.

Daer atende 47 municípios

Além dos 37 municípios do Vale do Taquari, o Daer de Lajeado atende as cidades de:

Charqueadas

Dois Lajeados

Fontoura Xavier

General Câmara

Guaporé

São Jerônimo

São José do Herval

Triunfo

Vespasiano Corrêa

Vista Alegre do Prata