Sindicato fiscalizará horário natalino

Notícia

Sindicato fiscalizará horário natalino

Por

Gustavo Adolfo 2 - Lateral vertical - Final vertical

Após duas pesquisas e encontros, ficou definido pelo Sin­dicato dos Comer­ciários que as lojas da cidade abrirão em apenas um domingo neste fim de ano, dia 19.

No dia 12, domingo, Rádio In­dependente, Câmara Dirigentes Lojistas (CDL) e administração municipal promovem o Calça­dão da Júlio. Haverão atrações especiais em quatro quadras fe­chadas. Segundo a presidente do CDL, Célia Paz, o comércio abre neste dia. Contudo, o presiden­te do sindicato, Ricardo Ewald, alerta que não será permitido o uso de mão de obra. As lojas abertas terão de ter atendimen­to dos proprietários. A entidade fiscaliza o comércio neste dia.

renasEwald diz que foram feitas en­trevistas com os comerciantes e empregadores. Em 137 lojas, fo­ram ouvidas 689 pessoas. Destas, 427 optaram trabalhar em ape­nas um domingo, e 262 em dois.

Há seis anos que o comércio de Lajeado, Estrela e Arroio do Meio funcionam da mesma forma no período natalino. Os funcionários trabalham em apenas um do­mingo no fim de ano. No entanto, neste o Sindilojas propôs dois do­mingos ao sindicato da classe.

O presidente do sindicato afirma que a maioria dos em­pregadores ouvidos foi contra a mudança porque acredita que devam estar descansados para o atendimento da última semana antes do Natal, quando o movi­mento aumenta.

Empresa descumpriu acordo e foi penalizada

O Sindicato dos Comerciá­rios ganhou uma ação judi­cial movida contra três lojas de uma empresa de eletro­domésticos. Ela descumpriu o acordo de Natal de 2009 firmado entre Sindilojas e o sindicato.

Na época, a empresa não pagou as gratificações, os abonos e não ressarciu ou forneceu os lanches da for­ma como estava estabele­cido na Convenção Coletiva do Trabalho.

São 34 funcionários pre­judicados. O total pago aos empregados da filial de La­jeado foi de R$ 6.562,15; em Estrela, R$ 3.024; e em Arroio do Meio, R$ 1.009,30.

Funcionários têm direito a gratificações

As pessoas que trabalharem no ho­rário natalino terão alguns direitos particulares. As horas extras devem ser remuneradas com acréscimos de 100% sobre a hora normal. Os comis­sionados recebem acréscimo de 90%. Ambos têm uma gratificação de R$ 14 por noite trabalhada.

Aqueles que trabalharem no sábado à tarde devem receber o valor incluso na folha de paga­mento de dezembro/2010; uma gratificação de R$ 20,5 ou R$ 14 – para comissionados; e um turno de folga por dia ou horas extras. Para os que trabalharem no do­mingo o bônus aumenta para R$ 39 e um dia de folga.

Mais adesão de empresas na promoção de Natal

Neste ano, teve um aumento de 26% na adesão de comer­ciantes no Lajeado Brilha. No total são 189 lojas. Este grupo pode adquirir pacotes de pro­moções na CDL que englobam raspadinhas de Natal, do Dia das Mães e Liquida Lajeado.

Até o fim da promoção devem ser distribuídas 600 mil raspadi­nhas. Destas 5.629 são premia­das (vales-compra de R$ 25 a R$ 200, utensílios domésticos e cestas) e ainda cem concorrem a um Citröen C3 branco zero-qui­lômetro, no valor de R$ 42 mil.

Em 2009, serão premiadas as vitrinas mais enfeitadas, mas conforme a presidente da CDL, no próximo ano será estudada a premiação de casas.

Acompanhe
nossas
redes sociais